Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Escritor irlandês recebeu chamada falsa no dia do Nobel. Pensou ter ganho

John Banville, vencedor de um Man Booker Prize, teve que ligar de volta aos amigos, para dizer que era mentira.

Escritor irlandês recebeu chamada falsa no dia do Nobel. Pensou ter ganho
Notícias ao Minuto

20:02 - 12/10/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo John Banville

John Banville, escritor irlandês que venceu o Man Booker Prize em 2005 e o Prémio Príncipe das Astúrias das Letras em 2014, foi alvo de um engodo no dia em que foi anunciado o Nobel da Literatura, tendo recebido uma chamada em que alguém que se identificou como sendo da Real Academia de Ciências da Suécia lhe disse que era ele o vencedor.

O escritor de 73 anos de idade estava numa sessão de fisioterapia na passada quinta-feira, dia 10 de outubro, quando recebeu uma chamada de alguém que dizia ser Mats Malm, secretário da Real Academia de Ciências da Suécia, meia hora antes de serem anunciados os vencedores (este ano foram anunciados os vencedores de 2018 e 2019).

Banville indicou ao The Guardian que o indivíduo lhe perguntou se preferia o prémio de 2018 ou 2019 e que até lhe leu a citação que iria ser impressa sobre si. "Ele foi muito convincente. Eu telefonei a toda a gente que me consegui lembrar, com as boas notícias", lembrou.

Cerca de 40 minutos depois, porém, a filha ligou-lhe, indicando que os vencedores tinham sido anunciados: a polaca Olga Tokarczuk e o austríaco Peter Handke. "Percebi que era uma chamada falsa. Telefonei de novo a toda a gente e disse para não comprarem o champanhe nem atirarem os chapéus ao ar", afirmou.

Pouco depois do anúncio, porém, Banville recebeu uma mensagem de voz onde um homem explicava que tinha havido um desentendimento de última hora entre os responsáveis da Academia Sueca. Desta vez, disse o escritor, foi possível perceber que a voz era mais "profunda" que a do verdadeiro Mats Malm.

A mensagem foi enviada à Real Academia de Ciências da Suécia, para que o caso seja investigado. Banville acredita que o engodo não o tinha a si como alvo, mas sim a Academia, que tem sido alvo de polémicas e divisões internas.

A Academia Sueca ainda não reagiu ao incidente, diz a mesma publicação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório